Descubra como treinar cães para caçar perdizes

A caça da perdiz é uma atividade praticada por muitos e procurada por outros tantos. Para cumprir com êxito esta ação é essencial que detenha um cão de caça bem treinado. Uma tarefa que não é simples. Um dos cães mais indicados para apanhar de forma segura as perdizes é o pointer.

Se quer ter sucesso na formação de cães de caça, capazes de detetar facilmente a sua presa e de trazê-la viva ou morta para os seus treinadores, siga os conselhos que apresentamos neste guia.

Quanto à escolha das perdizes com as melhores qualidades para a caça, a tarefa fica bastante facilitada se procurar a Quinta dos Penedinhos, especialista na criação de perdiz vermelha.

caes para cacar perdizes

Treine cães para caçar perdizes em 8 passos

Treinar um cão para caçar perdizes vermelhas não é algo que traga resultados no imediato. Há que ser consistente e escolher o animal que tem as características mais indicadas para recolher as perdizes.

1. Quanto mais cedo começar, melhor. A juventude do cão é um grande aliado do treino. O ideal será iniciar o treino de caça a partir das sete semanas de vida, que é quando o cachorro está mais predisposto em aprender tudo o que lhe é transmitido. Assim, o cão criará uma maior cumplicidade com o seu treinador e depositará nele a sua confiança.

2. Simplicidade é tudo. Os primeiros comandos de obediência devem ser os mais simples possíveis, para que o cão consiga identificá-los de forma fácil e rápida. À medida que o animal vai assimilando o básico, então chegou a hora de passar para comandos mais complexos.

3. Complementar com atividade física. O porte e a boa forma física vão determinar a capacidade de resposta do cão às exigências da caçada. Por isso, o treino da componente física é muito importante e deve começar logo em idade jovem. Assim, o cachorro vai desenvolver a sua destreza física e o porte atlético. A massa muscular é determinante para aguentar a época de caça das perdizes. Deverá criar uma rotina de treino físico, que deve prolongar-se para lá da temporada de caçada.

4. Adequá-lo ao clima. É importante que o cão de caça de perdizes esteja habituado a trabalhar durante o clima dominante na época de caça. Portanto, é essencial treiná-lo nesse período, para que ele esteja na sua máxima forma, mesmo perante condições meteorológicas menos favoráveis.

5. Ambientá-lo para identificar a presa. Quanto mais cedo o cão for capaz de identificar a presa, mais fácil será treiná-lo para encontrar as perdizes de forma instintiva. Trabalhar o olfato e a visão são os pontos principais deste treino. Na Quinta dos Penedinhos poderá encontrar provavelmente as melhores perdizes para caça.

6. Treine todos os dias. A consistência e persistência são características que se exigem do treinador. Não pode desistir, nem deixar de treinar o seu cão para caçar perdizes, quando este estiver apto para a função. Para que ele seja um especialista tem que ter uma rotina de treino, para manter-se sempre focado nos objetivos.

7. Recompensar. O método de elogio e recompensa continua a ser considerado extremamente eficaz. Os reflexos condicionados do cão testados por Pavlov fazem todo o sentido neste treino: elogiar o cão quando cumpre os comandos e recompensá-lo quando tem bom comportamento.

8. Simular. A melhor forma de testar os resultados do treino e os conhecimentos adquiridos é através do treino no campo. Na Quinta dos Penedinhos poderá encontrar provavelmente as melhores perdizes para caça. Assim, o seu cão poderá treinar em situação semelhante à realidade.

Venha conhecer as perdizes da Quinta dos Penedinhos, em Casal da Feiteira, Pedra Furada, 2715-614 Montelavar:

Provavelmente as melhores perdizes vermelhas de Portugal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *